Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Summer Diary

you did not wake up today to be mediocre

Summer Diary

you did not wake up today to be mediocre

Difícil de amar

 

Happy New Year look.png

Em 2014 fiz uma seleção de diversas amizades e amores tóxicos que me faziam sentir mal comigo mesma. Aquilo não era mesmo para mim. Sentia-me estagnada.

Não foi um período fácil. A dita "vida social" foi muito influenciada. O meu telemóvel não recebeu tantas chamadas ou mensagens. Não tive tantos convites para cafézinhos/jantares/saídas, gostos nas redes sociais, tudo o que imaginarem. É claro que, às vezes, era triste. Apercebi-me de coisas, vi fotografias de todo o pessoal feliz... Momentos que não me pertenciam.

Mas, tudo bem. Fiz a minha escolha.

E graças de Deus que escolhi bem.

Na altura, não constatas que só estás a fazer bem a ti próprio. Pouco tempo depois, conclui que poupei bateria e neurónios com problemas que não me pertencem e tive a oportunidade de me dedicar ao que eu quero - conhecer quem realmente me faz sentir amada e, a cima de tudo, conhecer-me. 

Estou no caminho certo e muito orgulhosa. 

 

Tu PODES fazer o mesmo. Não fiques perto de alguém que te faça sentir difícil de amar. Porque não tens de sentir isso. Amar alguém quando se está feliz, é fácil. O pior, é amar quando se chora no chão da casa de banho às duas da manhã porque o nosso mundo caiu. Porém, aí é que está o fantástico. 

Por favor, nunca comprometas a tua vontade de ser amada. As pessoas querem que mudes para que as próprias se sintam confortáveis, mas não te percas com exigências. Procura um amor recíproco. Tu MERECES ser amada de forma igual. Deves a ti mesmo o amor que tão livremente dás a outras pessoas.

LUTA pelo amor que mereces.

 

 

um beijinho,

Annie 

7 comentários

Comentar post