Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Summer Diary

you did not wake up today to be mediocre

Summer Diary

you did not wake up today to be mediocre

Sobre a Felicidade

 

Deixa-me (re)lembrar-te que não precisas da aprovação de ninguém para ser feliz.

Cabe a ti validar e aceitar a tua própria versão de felicidade. Tu estás no controlo da tua vida, portanto, não deixes ninguém escolher por ti. Somos livres, não vítimas. Mas, podemos tornar-nos prisioneiros através das pessoas que escolhemos nos rodear.

Temos a tendência de nos tornar passivos e, por vezes, cegos, nos nossos relacionamentos. Sejam eles de carácter familiar, profissional, um amigo ou até um amor. O desconforto que sentes, deixa-te numa má posição. 

Sê forte. 

Ao continuares com a uma pessoa, que te limita e te deixa preso, provocas um dano profundo irreparável na tua alma. Há uma diferença enorme em desistir e deixar ir. Ao desistires, permites que o medo controle as tuas oportunidades. Deixa-te preso, novamente. Porém, ao deixares ir, mostras a tua maturidade. Deixas algo que já não é beneficial para o teu crescimento interno. Remover as pessoas tóxicas da tua vida é um sinónimo que queres arranjar espaço para relações e ideias que conduzem à TUA felicidade e evolução pessoal. Um espaço que emane positivismo para a mente, corpo e alma.

Deixar ir, significa colocar-se em primeiro lugar em vez de permanecer na negatividade de um espaço que não mereces. Que ninguém merece. 

Quando desistes, estás somente a defender-te. Quando deixas ir, demonstras amor próprio.

Eu sei. Eu sei que certas decisões são difíceis de tomar, mas também sei que nem todas as pessoas que começaram contigo, vão acabar junto de ti. Aceita isso.

Pensa em ti.

Escolhe a tua felicidade. Escolhe viver.

 

 

Desde que terminei este texto, que funciona como um lembre-te diário na minha vida.

E talvez para a vossa.

 

 

um beijinho,

Annie 

10 comentários

Comentar post